paparazzi

não gostava de ir em eventos de performance por causa dos paparazzi. mas hoje em dia não se escapa nem em seminários de arte. democratização facebook style.


postado em 7 de junho de 2014, categoria crônicas : , , , , , ,

testando os algorítmos do facebook

escoha alguém aleatoriamente da sua lista de amigos com a qual você não costuma interagir e mande uma mensagem “eu te amo, linda” (ou lindo, se for homem). escolha outro dessa lista e mande “eu te odeio, seu idiota” (ou sua idiota, se for mulher). veja se na sua cronologia a primeira começa a aparecer em “principais histórias”, mas a segunda não.

mostre na sua webcam supostamente desligada um livro de alguém que tenha facebook (como página ou usuário). veja quem está sendo oferecido para adição em seguida.

com o facebook deslogado, procure no google nomes de pessoas distantes e indiferentes. cheque se o facebook oferece a adição delas. faça o mesmo com o o site logado.

mande mensagens com as seguintes palavras: “pedofilia” “terrorismo” “assassinato” “bomba” “sodomia” “hackers” para outros colegas e também coloque-as na descrição “privativo – só você vê” do seu perfil. veja se há consequências.

 


postado em 26 de novembro de 2013, categoria comentários : , , , , , , ,

facebook #2

nos meus 28 ou 29 anos de vida, sempre achei os diálogos de platão uma grande perda de tempo (diferentemente de wittgenstein, que parece dizer que eles são uma “grandiosa perda de tempo”). jean-pierre caron comentou minha postagem (facebook #1), dizendo:

“as coisas começam a ficar boas quando não são mais opiniões, mas uma atividade. quando começa a se sentir o atrito das inferências. ;)”

fiquei pensando sobre isso. é uma espécie de sócrates dos tempos modernos.


postado em 24 de agosto de 2012, categoria Uncategorized : , , , ,

facebook #1

nesses dias em que escrevo e leio, e vira e mexe bisbilhoto no facebook, por falta de meditação, digo: que o facebook tende a amplificar, no pior sentido possível, a tendência intelectual – a que me leva a opinar sobre tudo.

que isso possa ser de algum modo positivo, tenho sérias dúvidas, ou melhor dizendo: mantenho-me céptico.


postado em 21 de fevereiro de 2012, categoria Uncategorized : ,

a internet e os lobistas

quando é que conglomerados como o google, yahoo, facebook, etc vão começar a gastar milhões de dólares fazendo lobby, nos estados unidos, afim de que seus interesses sejam representados no congresso?

(interesses supostos: de uma internete que promove a troca, circulação, diferença e enfatiza liberdade ao invés de controle)

enquanto isso outros, como time warner, riaa (recording industry association of america), disney, mpaa (motion picture association of america – de “jack valenti”) gastam e gastam. aliás, bem gastado, vide “digital millenium copyright act” e agora o sopa:


postado em 14 de janeiro de 2012, categoria Uncategorized : , , , , , , , , ,