competição

a verdadeira competição é contra si mesmo? mas quem garante que o competidor não esteja competindo contra si mesmo contra o outro? (pense nas vantagens de níveis mais altos de psicopatia – no fato de que não precisam vencer o preconceito interno de que é preciso jogar limpo). e a grande sacada: se você conseguir institucionalizar algo, mas de forma que a instituição gire em torno de si, dos seus interesses – a longa vitória.


postado em 7 de maio de 2017, categoria aforismos : , , ,

negociação

com dinheiro no bolso e comida na mesa, vamos negociar: i’d prefer not.

***

quantos empregos são empregos de merda? e que tipo de simetria é necessária para estabelecer uma relação de competição do ponto de vista do empregador: aqui o seu trabalho tem valor, aqui a sua vida não será medíocre etc.


postado em 4 de maio de 2017, categoria aforismos : , , , , , , , ,

arte contra a cultura

muitas pessoas adotam posições amenas em que, providencialmente, se omitem enquanto participantes. a observação mais perspicaz que conheço sobre isso é a anedota do congestionamento.

um sujeito, preso em um congestionamento, liga para seu colega de trabalho, dizendo: “vou chegar atrasado. é que estou aqui ajudando a congestionar a via com meu carro.”

no meio artístico é comum que se fale e faça muita arte contra a cultura, querendo dizer: contra a cultura dos outros, não a minha. de modo que o artista nunca fica perplexo em relação ao que fez, ou angustiado; seus amigos sempre podem ir aos seus shows e exposições mantendo um sorriso leve no rosto e curtir. há quem fale de um entretenimento “superior”. ninguém nunca vai comentar que você “forçou a amizade”.


postado em 21 de abril de 2017, categoria aforismos, comentários : , , , , ,

o cavalo hans

diz-se do cavalo hans: não é que sabia matemática, apenas lia as mentes das pessoas; de modo que, se tivesse de responder a ignorantes quanto era 91 dividido por 7, dificilmente bateria a pata 13 vezes. mas se o desafiador fosse sábio, sim. pois a mente era lida no corpo, antes mesmo de poder ser acessada na consciência. e isso era “verdadeiramente racional” – as patadas o demonstraram. assim, sobre a intuição:

se o corpo fala, que diga o cavalo.


postado em 11 de março de 2017, categoria aforismos, comentários : , , , , , ,

two lessons by karkowski

the golden rule: if it’s not red, raise it.

apocryphal: there is no headroom.


postado em 18 de fevereiro de 2017, categoria aforismos : , , , , , ,

humanos: animais

às vezes, ao ser confrontado com a burrice e estupidez humana, tento diminuir minha irritação pensando: são apenas animais, os humanos.

mas se um cachorro, na rua, corre em minha direção e morde minha perna, ou faz cocô bem na entrada de minha casa, por acaso não me irrito?

(pense em um gato em cima de uma árvore, em pânico)


postado em 14 de fevereiro de 2017, categoria aforismos : , , , , ,

dois provérbios de nisei

1. não há nada que tenha sido feito que um japonês não tenha copiado (bem) errado.

2. não há nada que tenha sido dito que um japonês não tenha entendido (bem) errado.

***

bônus: “a criatividade é um mito. torne-se um mestre da imitação.”


postado em 14 de novembro de 2016, categoria aforismos : , , , ,

provérbios da vizinhança classe média

1. cada macaco no seu galho / cada um no seu quadrado.

2. os incomodados que se retirem.


postado em 6 de novembro de 2016, categoria aforismos : , , ,

pedagogia #2

como não nos percebemos aprendendo e como para nós saber é sempre uma aposta a se verificar, estudar é conviver com as trevas, é se alimentar das trevas, é acreditar na incerteza da escuridão.

ao caminhar pelas ruelas mal iluminadas da cidade do conhecimento entrevemos aqui e ali janelas em que lâmpadas estão acesas e os habitantes no conforto. mas preferimos o sereno. alimentamos, com a esperança da alegria, a angústia do tatear de quem se recompõe, após um tropeço.


postado em 16 de outubro de 2016, categoria aforismos : , , , , ,

existencialismo japonês #1

1. 幻想
profundidade é o nome da ilusão originada no apego

2. 漆黒の闇
o cósmico é grande indiferença e escuridão
[アザトース]

3. 有意義
a noite animal que ronda o dia não deve tapar o sol
(importância da explicitação)

4. 幸せと興奮
a felicidade se compra com uma garrafa de vinho, já a tristeza não
[の反対は退屈なのです]


postado em 22 de setembro de 2016, categoria aforismos : , , , , , , ,